Fibromialgia: conheça a melhor opção de tratamento fisioterapêutico

A Fibromialgia é caracterizada como uma dor crônica em várias regiões do corpo, estas regiões são conhecidas como tender points. O tender point aparece em 18 pontos específicos do corpo. Para que o diagnostico da Fibromialgia seja positivo, os 18 pontos devem ser palpados por um médico ou fisioterapeuta.

O que é tender points?

Se mais de 11 pontos dos 18 pontos estiverem doloridos, o diagnostico é positivo para Fibromialgia. Sabemos que a Fibromialgia é uma doença do sistema nervoso central, mas a dor ocasionada no paciente advém da hiperestimulação dos motoneurônios. Acima temos a imagem dos 18 pontos da Fibromialgia, elaborado por Smith.

Qual a causa da Fibromialgia?

Não existe causa especifica para Fibromialgia, ela é classificada como uma doença autoimune. Sabemos que alguns fatores estão relacionados ao seu surgimento, como:

  • Serotonina baixa
  • Desequilíbrio hormonal
  • Estresse mental
  • Tensão

É uma doença sintomática e consiste em:

  1. Dores generalizadas pelo corpo e recidivantes, 
  2. Fadiga, 
  3. Cansaço físico, 
  4. Alterações no sono, 
  5. Sensibilidade ao urinar, 
  6. Cefaleia 
  7. Distúrbio psicológico.

Fibromialgia e a Fisioterapia

Os pacientes quando diagnosticados com a Fibromialgia, devem começar atividades físicas imediatamente, afim de minimizar os efeitos das dores e prevenir este quadro álgico. A medicação também ajuda combater os sintomas da doença, é receitada somente por um médico.

O exercício físico ajuda combater o estresse emocional, liberando mais serotonina na corrente sanguínea. Como falamos, os baixos níveis de serotonina estão relacionados a Fibromialgia, por isso é importante a pratica de exercícios aeróbicos no tratamento fisioterapêutico.

Outros bons hábitos influem no aumento do serotonina (hormônio da felicidade), como:

  • Receber uma massagem: Nesse momento entra o tratamento da Fisioterapia manual, a técnica que melhor se encaixa é a liberação miofascial, pois é voltada para desativação dos tender points do paciente Dibromialgico.
  • O Dry Needling – Agulhamento a seco, também é uma técnica fisioterapêutica especifica no tratamento dos pontos doloroso, através do agulhamento a seco, conseguimos eliminar a dor imediatamente, com a destruição dos pontos dolorosos. Assim o tecido musculoesquelético se regenera em até 10 dias após o agulhamento. Saiba mais sobre dry needling.
  • Acupuntura é auxilada ao tratamento da Fibromialgia pois é outra técnica de agulhamento a seco e reduz imediatamente a dor do paciente.

Atenção: Devido aos baixos níveis de serotonina é comum observar a depressão nestes pacientes. Por isso é importante o auxílio psicológico em alguns casos, pois o trabalho da mente influi na doença diretamente. Nesse sentido é recomendado que o fisioterapeuta enxergue que a Fibromialgia está relacionada a saúde mental de seu paciente.

Qual o melhor tratamento da Fisioterapia para Fibromialgia?

O melhor tratamento da Fisioterapia envolve:

  1. Atividades aeróbicas: Como a caminhada, a esteira, a bicicleta e a hidroterapia  
  2. Liberação Miofascial + Agulhamento a seco: A liberação funciona como uma técnica de relaxamento muscular. E isso ajuda na fadiga, reduzir a dor e a melhorar a qualidade do sono. O agulhamento a seco é o responsável por acabar com mecanismo da dor. A combinação dos 2 métodos seria um dos tratamentos mais eficientes da Fisioterapia

A Eletroterapia na Fibromialgia é bom?

A eletroterapia, principalmente o TENS é utilizado para reduzir a dor. Porém os efeitos não são duradouros. Algumas posições nesse tipo de tratamento, como por exemplo: decúbito lateral são desconfortáveis para paciente.

Outros aparelhos como ondas curtas e laser não se encaixam bem no tratamento fisioterapêutico. A diatermia está em desuso na Fisioterapia como um todo, mas pensando na Fibromialgia. Os tratamentos de calor são uma das alternativas para a redução da dor, mas não é o melhor tratamento, porque diatermia junto com a eletroterapia, não destroem os tender points e não devem ser a base do tratamento fisioterapêutico.

Por que não usar Eletroterapia?

Um tender point da Fibromialgia é o mesmo da dor miofacial, isso significa que os pontos dolorosos são ocasionados por bandas de tensão. Estas bandas não conseguem ser tratadas pelo corpo humano. A síndrome miofascial consiste na degeneração da fibra muscular, aglomeração nuclear e destruição das fibrilas. Ou seja, os famosos nódulos nos tendões, músculos e coxim gorduroso.

O sistema fisiológico humano tende a reparar as lesões musculares e liberar as células inflamatórias para o processo de reparo. Porém os neuropeptídios liberados excitam a produção de mais acetilcolina, causando a hiperestimulação das bandas musculares e mais espasmo muscular. Ou seja, o corpo humano não consegue se autorreparar!
Um ciclo vicioso é encontrado nos tender points e trigger points, pois o corpo não consegue reparar o tecido musculoesquelético. Por isso a importância do tratamento fisioterapêuticos para destruir as fibras musculoesqueléticas acometidas, pois assim é possível a regeneração do tecido.

Atualmente os mecanismos eficazes são o DryNeedling e a Acupuntura. São duas técnicas especificas de agulhamento a seco e costumam responder bem nos pacientes com Fibromialgia. Deixamos um link para um artigo sobre evidências do agulhamento a seco na dor miofascial.

Artigo originalmente publicado em: www.cliquefisio.com/2019/07/fibromialgia.html

Também pode ser do seu interesse:

Deixe seu comentário!